Projeto Cadeira Solidária

A assistência social do  CEDETRAN  visitou  a família de seu Michel Scarpelini, onde entregou uma cadeira de rodas para atender as necessidades do jovem, acometido de um Transtorno do disco cervical com mielopatia CID 10 – M50.0, após sofrer um acidente domestico, que o deixou com dificuldades para andar.

Doação de cadeira de rodas: saiba mais sobre o assunto

É direito da pessoa que sofreu um acidente de transito ou domestico  possuir uma cadeira de rodas. Para isso, existem alguns benefícios garantidos por lei, além de projetos que promovem ações para doação de cadeira de rodas e outros equipamentos assistivos. Normalmente, o objetivo desses projetos é disponibilizar o produto para quem não pôde adquiri-lo por conta própria.

Doar uma cadeira de rodas pode não ser uma ação tão simples assim. É preciso ter em mente que, quanto mais o produto se adequar as características físicas do usuário, mais benefício ele terá. Isso é algo que muitas pessoas não sabem e, assim, acabam utilizando equipamentos fora dos padrões indicados.

Por isso, resolvemos explicar alguns pontos relevantes no momento de doar ou adquirir uma cadeira de rodas que devem ser considerados para que toda ajuda seja realmente bem-vinda. Você também ficará sabendo de alguns projetos que doam cadeiras de rodas. Confira!

 

Lei que garante o benefício da cadeira de rodas gratuita pelo SUS

Você sabia que toda e qualquer pessoa tem direito de receber do SUS uma cadeira de rodas manual ou motorizada e uma cadeira de banho permanente, independente da renda familiar? Mas esse benefício só atende quem realmente possui alguma deficiência física e mediante comprovação de laudo médico. O auxílio é concedido pelo Sistema Único de Saúde, SUS.

Esse direito está garantido pela Lei nº 8.080 de 16.09.90, estabelecida na Constituição Federal e na Lei Orgânica de Saúde, que considera o atendimento integral à saúde “um direito da cidadania e abrange a atenção primária, secundária e terciária, com garantia de fornecimento de equipamentos necessários para a promoção, prevenção, assistência e reabilitação”.

Logo, isso contribuiu para melhorar as condições de vida e para integração social das pessoas, ampliando suas possibilidades e potencialidades para as atividades diárias.

Quando o paciente precisa utilizar uma cadeira de rodas é preciso que se dirija até um posto de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) para adquirir o laudo médico determinando a real necessidade do equipamento. Depois, basta apresentar o laudo prescrito pelo médico na Secretaria de Saúde da cidade residente para explicar e comprovar que precisa da cadeira de rodas.

É importante ressaltar que o fornecimento de qualquer equipamento pelo SUS se restringe aos usuários deste sistema e que estejam sendo atendidos pelos serviços públicos ou que sejam conveniados dentro da área que abrange cada regional de saúde. Além disso, é preciso ter em mente que existe uma ordem de prescrições que precisa ser aguardada para retirada do equipamento.

Você também pode procurar projetos sociais da sua cidade ou região!